(82) 3377-0105 / 9.9992-1825 - Horario das 08Hr as 18Hr de Segunda a Sexta

Ozonioterapia no tratamento do câncer

 

O câncer talvez seja a doença mais temida pelas pessoas atualmente e não apenas pela sua crescente incidência na população, mas também pela longa batalha que impõe aos pacientes e seus familiares.

Atualmente, as patologias relacionadas ao câncer estão atrás apenas dos problemas cardíacos como principal causa de morte em todo o mundo. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), sua ocorrência deve dobrar até 2020, fato que deixará o câncer no topo da lista.

Dentre as diversas técnicas e procedimentos que visam auxiliar os tratamentos oncológicos e garantir mais qualidade de vida aos pacientes, está a ozonioterapia, um método centenário e eficaz contra mais de duzentos problemas de saúde.

Produzido através de um gerador próprio, o ozônio medicinal é injetado no organismo em quantidades específicas por um médico especializado na área, visando combater as complicações do tumor e diminuir os efeitos colaterais do tratamento convencional.


Conheça os meios de ação do ozônio contra o câncer

A aplicação da ozonioterapia pode ser local, através de água ozonizada, que é muito eficiente contra tumores localizados, ou ainda intravenosa, intramuscular ou por insuflação retal.

O tipo de procedimento utilizado varia de acordo com o paciente e o grau de evolução da doença.

Dentro do organismo, o ozônio se dissolve na parte interna das células ou nos fluídos entre elas, desaparecendo de forma imediata ao reagir com os compostos orgânicos ali presentes. Isso dispara uma série de mensagens aos sistemas de defesa presentes no sangue, que provocam uma série de reações no corpo.

Os efeitos imediatos da ozonioterapia no organismo são:

Aumento da liberação do fator de crescimento derivado das plaquetas;
Melhora da imunidade através da ativação de linfócitos;
Maior liberação de O2 e consequente melhora na atividade das hemácias.

Os efeitos tardios, por sua vez, são:
Mobilização das células tronco e geração de eritrócitos diferenciados na medula óssea;
Melhora da capacidade antioxidante intracelular;
Aumento da liberação de Óxido Nítrico, que contribui para a atividade celular.

A ozonioterapia é capaz de agir diretamente no metabolismo das células, além de ser um intermediário de integração celular e um agente capaz de desencadear reações neurofisiológicas que, juntas, exercem um efeito amplo contra o câncer e outros tipos de doenças.

A abordagem multifatorial da terapia também é exemplificada por sua capacidade de ativar o sistema imunológico, que geralmente é comprometido pelo aparecimento do tumor.

O tratamento ainda é capaz de hiper-regular o sistema antioxidante, corrigindo o estresse oxidativo e ativando o sistema neuro-endócrino, que é responsável por uma melhoria considerável na qualidade de vida dos pacientes.


Saiba mais sobre as inúmeras vantagens do Ozônio Medicinal!

O câncer é um problema grave, mas as opções de tratamento são cada vez mais amplas e eficientes!

Mais que combater a doença, é preciso promover opções que reduzam os danos aos pacientes e proporcionam mais tranquilidade às suas famílias.

Sem efeitos colaterais e com praticamente nenhuma contraindicação, a ozonioterapia é um meio barato e extremamente eficiente de alcançar estes objetivos!

A eficácia do ozônio medicinal tem se provado cada vez mais abrangente, com aplicações que revigoram o organismo, combatem as células cancerígenas e proporcionam uma redução drástica no sofrimento dos pacientes.